Tanya & Dana // Elopement

Hoje recordamos, de sorriso no rosto, um acontecimento mágico que decorreu bem no início de Setembro.

A Tanya e a Dana vieram directamente do Cazaquistão para celebrar o amor de uma forma absolutamente incrível.

Se há algo de que gostamos é de «clientes» - soa sempre mal chamar «clientes» a pessoas que consideramos bem mais que isso - que tal como nós têm um espírito aventureiro e esse foi exactamente o caso da Tanya e da Dana.

Escolheram Sintra como cenário para a sua união. Afinal, foi nesta belíssima vila que juraram amar-se eternamente e onde assinaram os papéis que faz delas, hoje, esposas.

Isto é aquilo a que se chama: Elopement. Duas pessoas que se amam, decidem embarcar numa aventura a dois e casar apenas na companhia uma da outra.

A sociedade em que vivemos ainda é muito reticente no que diz respeito a uma série de coisas e tudo o que sai da norma é muitas vezes mal visto, mas para nós não há mais bonito que um Elopement. Num mundo em que os casamentos são mega produções com gastos enormes e onde muitas vezes nos vemos quase obrigados a convidar pessoas com as quais nem nos identificamos só para não haver «chatices», faz cada vez mais sentido que existam casamentos íntimos.

Afinal o dia é de quem dá este passo enorme. É um marco na relação e o foco deve ser efectivamente nesta duas almas que se unem agora de uma forma permanente.

Na companhia de um pôr-do-sol mágico, onde a Tanya e a Dana automaticamente o descreveram como «digno de um filme», registámos este dia tão importante na vida delas. Na praia, como sempre sonharam. Em Sintra, que é agora um lugar com magia extra pelo papel importantíssimo que teve na sua relação.

Foram muitas as gargalhadas que se ouviram. Mais do que um Elopement foi quase um Trash The Dress dadas as surpresas com que o mar nos presenteou.

A leveza, o sentimento, a intimidade. Um olhar, uma piada privada, o tocar das mãos. Cada pequeno gesto que vemos acontecer à nossa frente, parece passar-se em slow motion e enche-nos o coração. É o amor. Está ali, bem à nossa frente. Poderíamos quase tocá-lo se quiséssemos. Se não é o amor desmesurado que faz a vida ter sentido então não sabemos o que será.

Obrigado Tanya & Dana, pela confiança e por nos permitirem fazer parte não só do vosso dia mas também da vossa história. Que privilégio!

Veja mais fotografias desta sessão aqui.

PS: nós nunca partilhamos todas as imagens resultantes de uma sessão. Seleccionamos apenas algumas para efeitos de portfólio até porque acreditamos que uma sessão é algo bastante íntimo e nem todas as imagens devem ser mostradas ao público.

Today we remember, with a smile on our faces, a magical event that took place at the beginning of September.

Tanya and Dana came straight from Kazakhstan to celebrate love in an absolutely amazing way.

If there is one thing we like, it is 'customers' - it always sounds bad to call 'customers' people we consider much more than that - just as we have an adventurous spirit and that was exactly the case with Tanya and Dana.

They chose Sintra as the setting for their union. After all, it was in this beautiful village that they vowed to love each other forever and where they signed the papers that makes them wives today.

This is what it is called: Elopement. Two people who love each other decide to embark on an adventure for two and marry only in each other's company.

The society we live in is still very reticent about a number of things and everything that comes out of the norm is often overlooked, but to us there is no prettier than an Elopement. In a world where marriages are mega-productions with huge expenses and where we are often almost obliged to invite people with whom we do not even identify just so there is no “boredom”, it makes more and more sense that intimate marriages exist.

After all, the day is the one who takes this huge step. It is a milestone in the relationship and the focus must be effectively on these two souls that now unite permanently.

In the company of a magical sunset, where Tanya and Dana automatically described it as "worthy of a movie," we recorded this very important day in their lives. On the beach, as they always dreamed. In Sintra, which is now a place with extra magic for the very important role it played in your relationship.

There were many laughs that were heard. More than one Elopement was almost a Trash The Dress given the surprises with which the sea presented us.

The lightness, the feeling, the intimacy. A look, a private joke, the touch of hands. Every little gesture we see happening in front of us seems to slow down and fills our hearts. It's love. It's there, right in front of us. We could almost touch him if we wanted to. If it is not unreasonable love that makes life meaningful then we do not know what it will be.

Thank you Tanya & Dana for your trust and for allowing us to be part not only of your day but also of your history. What a privilege!

See more photos from this session here.

PS: We never share any images resulting from a session. We only selected a few for portfolio purposes because we believe that a session is quite intimate and not all images should be shown to the public.